Planejamento de blogs e sites – Parte V

23/10/2015 Planejamento // marketing

Ufa, último post da série Planejamento de blogs e sites! No post anterior sobre Comunicação e marketing eu falei que agora partiríamos para a parte mais prática, você está preparado? Vamos lá porque hoje o papo é sobre os objetivos que seu blog ou site precisa alcançar. :)

Quais seus objetivos estratégicos?

Imagem: Kaboompics.com, uso livre.

Objetivos

Até agora você avaliou o mercado da sua marca, o nicho do seu site/blog e a concorrência e, acredite, quanto mais completa sua avaliação e coleta de informações tiver sido, melhor será seu blog/site. Porque com tantas informações e análise você está mais preparado, mais fundamentado para decidir como seu blog/site precisa ser: entre A e B, você escolherá de acordo com o que o planejamento aponta como o melhor caminho. É agora que você vai começar a esboçar como seu site deve ser.

 

Objetivos da marca

Quais os objetivos estratégicos da sua marca? Aqui ainda estamos falando da sua marca como um todo, seu negócio, não apenas do blog e/ou site. Talvez você queira que sua marca seja top of mind no seu mercado, referência em atendimento, etc. As possibilidades são muitas e só você pode saber onde quer que sua marca esteja.

 

Objetivos do site/blog

Agora sim: quais os objetivos do seu site/blog? Não, não é necessariamente a mesma resposta da questão anterior. Sua marca não vai chegar onde você quer apenas com o site: tem também a qualidade dos produtos/serviços que você presta, a qualidade do atendimento, a apresentação dos seus produtos/serviços, etc. O site e/ou blog deve contribuir para alcançar os objetivos da marca, mas não pode ser o único responsável por chegar lá.

Vamos supor que o objetivo estratégico da sua marca seja ser referência em atendimento: o objetivo do seu blog pode ser criar e fortalecer relacionamento com seu público, por exemplo. Se for este o caso, o planner contratado pode, por exemplo, sugerir que seu site tenha um blog e que este blog seja alimentado com conteúdo novo dentro de uma frequência X e com Y tempo máximo para resposta dos comentários dos leitores.

 

Atributos

Marcas são lembradas por uma série de atributos: seus valores, suas ações, competências, sentimentos que transmitem, etc. Quais são os atributos que sua marca deve transmitir? Exemplos: ela pode ser inovadora, tradicional ou  meio termo; lúdica, sóbria ou meio termo; etc. No meu caso, ofereço uma lista de atributos para que o cliente selecione quais se adequam melhor à marca dele.

 

Informações

Que informações não podem faltar no seu site? Além das óbvias (meios de contato, apresentação/sobre, produtos/serviços, etc), que outras informações são imprescindíveis? Talvez você seja o único no seu segmento que oferece determinado serviço, por exemplo – neste caso, é interessante dizer não apenas que você presta o serviço, mas também que é o único a oferecê-lo. Isto nos leva aos próximos pontos:

Que informações devem ser destacadas? Se você é o único que presta determinado serviço, é um diferencial e isso deve ser destacado. Talvez você seja o único no seu  nicho que tem determinada especialização, ou tem clientes de peso em seu portfólio, ou oferece mais meios de contato que a concorrência, etc. É claro que estas informações não ficarão em letras garrafais bem no meio da página inicial, existem outras maneiras mais inteligentes e agradáveis esteticamente para destacá-las, mas é importante que você defina quais são mais relevantes e até mesmo a ordem de importância.

Que informações devem ser evitadas? Atenção: não estamos falando em mentir! Você não deve, em hipótese alguma, mentir para o seu público. A questão aqui é que não é inteligente colocar seus pontos fracos em destaque, apenas isso. Portanto seja bem claro sobre as informações que devem ser evitadas ou, pelo menos, suavizadas, colocadas de maneira mais discreta no site/blog.

 

Referências

Cite sites e blogs que você admira e porquê, especialmente dentro do seu nicho. Tente relacionar pelo menos cinco e especifique o que você gosta e admira em cada um. Não quer dizer que seu site/blog será igual, se você estiver trabalhando com um planner sério e competente ele nem aceitaria fazer plágio, é apenas para que o planner tenha referências mais claras sobre o que você gosta. Porém, lembre-se do que eu disse no post sobre comunicação e marketing: menos ego e mais atenção sincera ao público. Ou seja, não é o que você gosta apenas porque acha bonito, mas sim porque atende as preferências do seu público e as necessidades de comunicação.

 

Considerações finais

Se depois de tudo que você colocou no seu planejamento ainda restar alguma informação ou observação importante que não se encaixe em nenhum dos tópicos já trabalhados, coloque como considerações finais.

 

Mãos à obra

Você levantou todas as informações relevantes sobre seus concorrentes, fez um estudo sobre seu mercado, analisou honestamente todos os aspectos do seu negócio. Agora é hora de colocar a mão na massa e começar a montar de fato seu site/blog. Se você for fazer tudo sozinho, vale muito estudar mais sobre Planejamento e Comunicação Integrada de Marketing para ter mais base para definir o tom da sua comunicação e Redação Publicitária para aprender a escrever dentro do tom definido (sim, texto publicitário, afinal você está vendendo seu peixe). Disciplinas Humanísticas também são sempre bem-vindas – não só para criar e cuidar do seu blog, mas para a vida toda mesmo, afinal desenvolvem autonomia intelectual e nos ensinam a sermos críticos e melhores cidadãos.

Talvez você queira um tutorial sobre o que fazer com as informações que levantou até agora: não há receita, como usar as informações depende de quais são as informações e, portanto, cada caso é um caso e deve ser estudado e analisado individualmente. Você pode pesquisar quais elementos todo blog precisa ter, mas como dispô-los no site, o tom da comunicação, a produção de todo conteúdo e muito mais, nada disso tem receita que vale para todo mundo. Preste atenção nos comerciais de tv: no momento temos várias marcas em guerra para vender presunto, mas cada uma delas tem um apelo diferente, um tom de comunicação diferente, um posicionamento diferente.

Se você for fazer tudo sozinho, invista tempo, dedique-se ao estudo das disciplinas relativas à Publicidade, Propaganda e Marketing, procure ter pelo menos uma base sobre elas. Mas se puder contratar um profissional para fazer isso por você, então invista. É sua marca, é seu negócio, merece ser feito com profissionalismo, afinal de contas seu site/blog também é seu cartão de visitas e você não quer fazer feio perante seu público, certo? Conheça meus serviços e entre em contato, terei o maior prazer em atender você. :)

Gostou da série Planejamento de blogs e sites? Espero que ela lhe seja útil e que tenha gostado, pois eu gostei muito de fazer – adoro falar sobre meu trabalho! O que mais você espera ver por aqui? Conte-me tudo, não esconda nada, os comentários estão sempre abertos! :D

Por

Lis Comunello

Publicitária e Social Media. Curitibana perdida em Floripa, troco o dia pela noite, sou chocólatra e louca por gatos.

Deixe seu comentário:

Tags

Ir ao topo